FABIO GÓES – SOL NO ESCURO (2007)

    De uma nova safra de jovens músicos que aliam a sonoridade e a sofisticação da MPB ao experimentalismo e a modernidade da música eletrônica, Fabio Góes desponta no horizonte como uma das gratas revelações na música brasileira em 2007, se é que pode ser assim considerado…

    Veterano na cena independente paulistana, foi integrante da banda de rock Paumandado (com único disco homônimo lançado em 2003) e na última década atuou como produtor musical em trilhas cinematográficas como “Cidade de Deus” (2001) de Walter Salles e “Abril Despedaçado” (2002) de Fernando Meirelles e Kátia Lund, entre outras. Cantor, multiinstrumentista e compositor, passou os últimos cinco anos maquinando sua estréia solo, lapidando letras e desenvolvendo arranjos, num trabalho detalhado, intimista e que veio amadurecendo desde 2001… O resultado é o melhor disco de MPB que escutei este ano.

    Sol no Escuro é de uma inspiração poética e melódica de assombrar. Faixas repletas de climatizações e ricas camadas sonoras, cadenciadas por diálogos entre piano e violão, encorporados por instrumentos como viola, violinos, violoncelo, bateria, guitarra, baixo, metais e percussão. Um caldo sonoro onde a MPB, o rock e a psicodelia estão presentes, bem como o jazz, o folk e o soul. Levadas pra lá de introspectivas e melancólicas; arranjos delicados, embalados pela voz  tranqüila de Góes que nos remete ao pessoal do Clube da Esquina ou a uma sonoridade que lembra o Guilherme Arantes dos anos 70.  

    Letras que descrevem uma angústia latente como na faixa-título (“Eu ouso apagar o sol / colocá-lo num escuro tão profundo / que até o colorido mais raro / se despede de mim como um raio / e eu querendo azul”) ou em “Automático” (“Se nesse mundo, nessa sala, nessa rua, nessa casa / alguém precisa de mim / eu sempre acho que não”). Trupes reflexivas como na balada soturna “Sem Mentira” (“Eu já fingi ser muito melhor / eu já aprendi ser pior / mas sem mentira”) ou na funkeada “Mundo Acumulado” (“Tendo tudo planejado / dando tudo meio errado / bebendo o que sobra de alegria na noite / depois de outro dia / a fase ruim passa / a fase boa passa também / só sobra quem é quem / ninguém, ninguém é de ninguém”), uma das minhas preferidas!

    “Estatística” é malemolência pura, com arranjos de cordas irradiantes e belo solo de sax numa pegada eletrônica vigorosa. Tem participação da cantora paulista Céu – legítima representante dessa leva de novos nomes da MPB – que nos brinda com sua doce voz no jazzinho “Sun of your eyes”. Acordes em tom menor prosseguem com a balada de violão “Mel” onde o clima acústico predomina. Belas composições não faltam como na metáfora do dia a dia, sugerida na bela “Surfista” (“nasci pra ser surfista / do que eu quiser / do que eu puder / do que eu tiver porque”)  ou na intimista “Lembranças” (“agora eu vou me esquecer mais / agora eu vou me confundir mais / agora eu vou me cuidar mais / quem sabe o tal dia ainda vem”) que chega mesmo a emocionar.

    O climão melancólico só desaparece na última faixa com a bem humorada “Salmão” (“meu salmãozão / gosto de carne crua, só quando a carne é sua / meu sashimi, sashimizão”). Pronto, faltava quebrar o gelo, abrir a janela e respirar o ar puro de um novo dia… Deixa eu me espreguiçar que, como diz a letra de “Sereno” (“Chora e a noite abrirá um escuro imenso / pro sol entrar e nascer / pro dia chegar e atravessar ileso até o luar / o choro da noite é só sereno”), vai começar tudo de novo…

Faixas: 01. Sol no Escuro / 02. Sem Mentira / 03. Automático / 04. Mundo Acumulado / 05. Estatística / 06. Sereno / 07. Sun of Your Eyes / 08. Mel / 09. Surfista / 10. Lembranças / 11. Salmão

FABIO GÓES – SOL NO ESCURO

FABIO GÓES – SOL NO ESCURO (2011)

FABIO GÓES – SEM MENTIRA

FABIO GÓES – SEM MENTIRA (2011)

FABIO GÓES – AUTOMÁTICO

FABIO GÓES – MUNDO ACUMULADO

FABIO GÓES – ESTATÍSTICA

FABIO GÓES – SERENO

FABIO GÓES – SUN OF YOUR EYES

FABIO GÓES – MEL

FABIO GÓES – SURFISTA

FABIO GÓES – SURFISTA (2011)

FABIO GÓES – LEMBRANÇAS

FABIO GÓES – SALMÃO

FABIO GÓES – SESC 2007 (PROMO)

12 respostas a FABIO GÓES – SOL NO ESCURO (2007)

  1. Guilherme diz:

    Brigadão pelo link. Valeu!!!

  2. sinistersaladmusikal diz:

    Legal que mais pessoas possam conhecer este grande trabalho do Fabio Góes. Valeu você pela visita, Guilherme.
    Abração

  3. Katy diz:

    hmm.. interesting )

  4. Pedro Messias diz:

    Muito bom som !!! faz me lembrar o Brasil de há 25 anos atras…

  5. tommy diz:

    Link quebrado !
    Alguem arranja ?!

  6. sinistersaladmusikal diz:

    Dei uma vasculhada na Web e não encontrei nenhum link ativo do Sol no Escuro. Mas pode deixar que vou continuar procurando e se achar um link eu coloco aqui no blog.
    Abraços

  7. Phonobase diz:

    Oi Marco,
    estamos querendo te convidar pra ouvir em primeira mão o novo disco do Fabio Góes. Não achamos seu email, portanto, escreva pra gente!

    Ah! O “Sol no Escuro” esta para download ali no presite do Góes: http://fabiogoes.com/presite/

    Abs!

  8. sinistersaladmusikal diz:

    Oba! Que legal! Estou altamente ansioso para escutar o novo álbum do Fabio Góes. Pode deixar que vou entrar em contato com o pessoal da Phonobase ainda hoje.
    E o link fica à disposição de quem quiser baixar o Sol no Escuro . Discaço!
    Valeu!

  9. […] Seu debut como cantor e compositor solo, no entanto, só ocorreu em 2007 com o lançamento de Sol no Escuro, um dos discos mais sublimes de nossa música em muitos anos. Angariou, por este trabalho, […]

  10. sinistersaladmusikal diz:

    Obrigado pelo link desta resenha no Tópico Livre. Valeu!
    Abraço

  11. Fernanda diz:

    Não vejo a hora dele fazer um show aqui no Rio!

  12. sinistersaladmusikal diz:

    Pois é, Fernanda! O show do Fabio Góes deve ser bem bacana. Com certeza ele deve se apresentar aí no Rio ainda este ano.
    O próximo show dele aqui em São Paulo acontece no auditório do SESC Vila Mariana, no dia 31 deste mês, às 20h30.
    Apesar dos convites, eu ainda não tive a oportunidade de assistir um show dele, mas vou ver se desta vez eu consigo me programar.
    Valeu!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: