FRANK ZAPPA & THE MOTHERS OF INVENTION – FREAK OUT! (1966)

    Freak Out!, disco de estreia de Frank Zappa e o Mothers of Invention, chegou às lojas em 27 de junho de 1966 como um tsunami, arrastando com fúria indomada as estruturas conservadoras da sociedade americana. Primeiro álbum duplo e conceitual gravado por uma banda de rock, trazia inovações sonoras surpreendentes como a utilização de efeitos wah wah nas guitarras (novidade absoluta na época) e a inclusão de instrumentos musicais pouco ou nada utilizados no rock até então como tuba, xilofone, cello e clarinete.

    Outra surpresa era a mistura nada convencional de gêneros musicais, fundindo rock à música concreta e empregando elementos da psicodelia, do doo-wop, do rock and roll e do blues. Um coquetel de música experimentalista, atonal e de vanguarda para descabaçar a mente dos incautos. Mas o melhor mesmo estava reservado às composições zappeanas: letras pra lá de ousadas e recheadas de sarcasmo, sátiras e piadas de vaudeville, num deboche descarado ao “american way of life” e a cultura pop. Este senso crítico ácido seria uma característica marcante no decorrer de sua brilhante carreira.

    Uma trilha sonora devastadora onde Zappa é o regente de uma enigmática orquestra de freaks, tendo como aliados os mentecaptos Ray Collins (vocal, gaita e percussão), Jimmy Carl Black (bateria), Roy Estrada (vocal, baixo e guitarrón) e Elliot Ingber (guitarra base e solo), todos integrantes do Mothers of Invention. Aliás, o “ of Invention ” foi uma sugestão dos executivos da gravadora MGM que achavam que o antigo nome do grupo (Mothers) pudesse ser associado ao palavrão motherfucker. Talvez fosse essa a intenção da mente subversiva do músico. Elementar meu caro Zappa…

    Dentre os músicos de apoio que participaram das gravações estavam Eugene Di Novi, Les McCann e Mac Rebennack (piano); Neil Le Vang e Carol Kaye (guitarra); Gene Estes e Kenneth Watson (percussão); Paul Butterfield (gaita); John Rotella (clarinete e saxofone); Plas Johnson (saxofone e flauta); Kurt Reher, Raymond Kelley, Paul Bergstrom, Emmet Sargeant, Joseph Saxon, Edwin V. Beach (cello); Arthur Maebe, George Price e John Johnson (tubas); Virgil Evans (trompete); David Wells (trombone), entre outros.

    Produzido por Tom Wilson e gravado no estúdio da MGM, Freak Out! é um marco na história da música, trazendo o habitual humor corrosivo e irreverente do músico americano em todas as faixas do disco. Começa com Hungry Freaks, Daddy?” (uma canção rock com riff cavernoso, criticando a sociedade de consumo americana), segue com “I Ain’t Got No Heart” (doo-wop debochado, que Zappa dizia ser um resumo de seus sentimentos sobre as relações sexuais-sociais. Aqui, Ray Collins imita com petulância o estilo vocal de Jack Bruce, do Cream) e chega na fantástica “Who Are The Brain Police” (uma mistura “chocante” de experimentalismos e suaves melodias vocais. A letra questiona quem é a polícia do cérebro e fala como mentes e objetos podem derreter, em uma crítica feroz contra o autoritarismo).

    O álbum está repleto de “temas amorosos” assinados pelo cinismo e irreverência de mister Zappa: “Go Cry On Somebody Else’s Shoulder” (baladinha romântica com vocais debochados, sacaneando as letras repetitivas das canções de amor), “How Could I Be Such A Fool” (arranjos elaborados, sonoridade melancólica e letra sarcástica, tratando sobre desilusões amorosas), “Any Way The Wind Blows” (levada psicodélica e melodia grudenta, tirando um sarro sobre as agruras do amor eterno), “Wowie Zowie” (com vocais cômicos e ritmo contagiante, traz mais uma letra bem humorada falando sobre uma paixão bizarra) e “I’m Not Satisfield” (que revela a insatisfação amorosa de um freak desamparado, trazendo vocais empolgantes e belo trabalho instrumental da banda).

    Duas faixas essenciais são “Motherly Love” (propositalmente um tema vulgar, uma espécie de chaveco furado, embalado por uma levada viciante e guitarras e vocais precisos) e Trouble Every Day” (um r&b agressivo, de caráter político. Cita os violentos conflitos raciais deflagrados no gueto de Watts, em Los Angeles, em 1965, e os acontecimentos filtrados pela competição comercial nas emissoras de televisão).

    O experimentalismo também está presente em estado bruto nas faixas “Help I’m A Rock” (uma levada freak insana, onde vocais macabros se misturam ao instrumental intenso, criando ruídos e uma estrutura musical assustadora) e “Return Of The Son Of Monster Magnet” (que fecha o disco, ocupando o lado D inteiro do vinil. Com influências do erudito, traz uma série de diálogos e esquisitices sonoras, com participação do personagem Suzy Creamcheese, na voz de Jeannie Vassoir).

    Um disco histórico e avançado para a época, o retrato de uma obra anti-comercial que, apesar de fazer sucesso nos meios “underground” californianos, alcançou apenas a 130ª posição nas paradas. Zappa admitiria anos mais tarde que o público médio não estava preparado para assimilar e entender este e outros discos gravados por ele nos anos 60. Mesmo assim, Freak Out! foi bem recebido na Europa, principalmente na Inglaterra. Na época, fizeram algumas apresentações na América – com o habitual estilo teatral de palco e performances que interagiam com o público – e saíram na seqüência, tocando mundo afora. Era o início de uma carreira extremamente produtiva e que faria história na música contemporânea mundial. Anormal!

Faixas: 01. Hungry Freaks, Daddy / 02. I Ain’t Got No Heart / 03. Who Are the Brain Police? / 04. Go Cry on Somebody Else’s Shoulder / 05. Motherly Love / 06. How Could I Be Such a Fool? / 07. Wowie Zowie / 08. You Didn’t Try to Call Me / 09. Any Way the Wind Blows / 10. I’m Not Satisfied / 11. You’re Probably Wondering Why I’m Here / 12. Trouble Every Day / 13. Help I’m a Rock / 14. It Can’t Happen Here / 15. The Return of the Son of Monster Magnet

ZAPPA & MOTHERS OF INVENTION – HUNGRY FREAKS, DADDY

ZAPPA & MOTHERS OF INVENTION – I AIN’T GOT NO HEART

ZAPPA & MOTHERS OF INVENTION – WHO ARE THE BRAIN POLICE

ZAPPA & MOTHERS OF INVENTION – WHO ARE THE BRAIN POLICE

ZAPPA & MOTHERS OF INVENTION – GO CRY ON SOMEBODY ELSE’S SHOULDER

ZAPPA & MOTHERS OF INVENTION – MOTHERLY LOVE

ZAPPA & MOTHERS OF INVENTION – HOW COULD I BE SUCH A FOOL

ZAPPA & MOTHERS OF INVENTION – WOWIE ZOWIE

ZAPPA & MOTHERS OF INVENTION – YOU DIDN’T TRY TO CALL ME

ZAPPA & MOTHERS OF INVENTION – ANY WAY THE WIND BLOWS

ZAPPA & MOTHERS OF INVENTION – MEDLEY INCLUDING  I’M NOT SATISFIED

ZAPPA & MOTHERS OF INVENTION – TROUBLE EVERY DAY

ZAPPA & MOTHERS OF INVENTION – TROUBLE EVERY DAY

GRANDMOTHERS – HELP I’M A ROCK

ZAPPA & MOTHERS OF INVENTION – THE RETURN OF THE SON OF MONSTER MAGNET

7 Responses to FRANK ZAPPA & THE MOTHERS OF INVENTION – FREAK OUT! (1966)

  1. jar.io diz:

    O vírus do Amor…

    Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
    ……

  2. jar.io diz:

    Eu bicho…

    Então os deuses voltaram e me ofereceram a felicidade, eu lhes respondi – não estou interessado, quero ficar com os meus semelhantes. ……

  3. sinistersaladmusikal diz:

    Freak!!!

  4. Matheus diz:

    Cara, fantástica tua resenha sobre esse disco maravilhoso que é o ‘Freak Out!’. Criei um blog esses dias dedicado ao Rock, sempre que quiser viste!

    mpcrocknrollover.blogspot.com

    Valeu! Abração!

  5. sinistersaladmusikal diz:

    Opa Matheus! Valeu pelos elogios, man!
    Seu blog tá bem legal. Manda ver!
    Abração

  6. Gail diz:

    Great post. Zappa was a motherfucking genius. You’ve gotten gained a brand new reader. Pls keep it up and I look ahead to more of your wonderful weblog posts. Greets, Gail.

  7. sinistersaladmusikal diz:

    Thanks, Gail! Zappa rules!
    Kiss

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: