AL KOOPER – YOU NEVER KNOW WHO YOUR FRIENDS ARE (1969)

   

    Um LP que tenho escutado direto é o segundo solo de Al Kooper lançado em 1969, chamado You Never Know Who Your Friends Are (Nunca se sabe quem são os seus amigos), cuja capa ilustra o título do disco de forma mordaz: um pelotão de policiais da tropa de choque descendo o porrete em uma multidão de manifestantes… castiga! Detalhe: a foto da capa é em preto e branco e o nome do músico e o título vêm grafados como se tivessem sido escritos com sangue. Poético pacas!

   

    Apesar de mostrar na capa uma situação corriqueira naqueles idos de 69, o disco não é necessariamente um registro de protesto, mas principalmente de composições que falam sobre um tema recorrente: o amor. Um discaço produzido por Kooper que a esta altura, estava em estado de luz, estado de graça. Com arranjos seus e de Charlie Calello, traz uma combinação matadora de música pop, soul, rock, r&b e um bocadim de jazz dissolvidos em algumas das mais belas canções feitas pelo músico americano.

   

    Valendo-se de sua voz impecável e sua destreza no piano e na guitarra, Kooper pilota uma verdadeira big band a serviço da boa música. Sob direção de Charlie Calello, a Al Kooper Big Band apresenta um esquadrão de músicos se revezando nas guitarras (Ralph Casale, Stu Scharff ou Eric Galé), nos teclados (Ernie Hayes, Paul Griffin ou Frank Owens), nas linhas de baixo (Chuck Rainey, Jerry Jemmott ou John Miller) e nas baquetas (Pretty Purdie ou Al Rodgers). Mas não é só: uma seção de metais com mais de 10 músicos tocando trompetes, trombones e saxofones, além da participação de um coral grandioso embelezando as melodias.

   

    Muita energia e boas vibrações nas faixas “Magic in My Socks” e “Loretta”, com metaleira virtuosa encorpando os arranjos e Kooper mostrando suas artimanhas na guitarra. “Lucille” surpreende com arranjos vocais e instrumentações irrepreensíveis, culminando em mais uma jóia rara para a coleção de Kooper. Tem a instrumental “Blues – Part IV” que é uma maravilha só, principalmente pela condução de órgão e teclados de Kooper que cria um climão melancólico dos diabos.

   

    Algumas faixas como “Anna Lee” (com arranjo divinamente orquestrado e vocalizações inspiradas) e “Never Gonna Let You Down” (que injeta instrumentações de rara beleza, linha vocal belíssima e um solo de trompete de Marvin Stamm de arrepiar) chegam mesmo a emocionar. Temas imortalizados nas vozes de Marvin Gaye (“Too Busy Thinkin’ ‘bout My Babe”) e Stevie Wonder (“I Don’t Know Why I Love You”) trazem um pouco do espírito Motown que permeia o disco, em versões fulminantes que servem para calibrar a alma.

   

    Mas são músicas como as perfeitas “First Time Around” (simplesmente indescritível daquelas canções que basta uma audição para fazer alguns dos piores dias se tornarem gloriosos) e a faixa-título (com um empolgante piano no melhor estilo Honky Tonk, num crescendo onde vocais, instrumentações e melodia se encontram em perfeita harmonia) que tornam este álbum obrigatório, daqueles que têm que ter em vinil e CD pra ser um bolha feliz.

.

    Para uma cara que foi músico de estúdio e trabalhou com monstros sagrados do rock como Bob Dylan, Jimi Hendrix, os Rolling Stones e The Who; que distribuiu talentos em trabalhos com os guitarristas Mike Bloomfield e Steve Stills; que participou de bandas sensacionais como o Blues Project e o Blood, Sweat & Tears; além de ter descoberto o Lynyrd Skynyrd, produzindo os 3 primeiros álbuns do lendário grupo americano de southern rock; por tudo isso enfim, diria que o álbum You Never Know Who Your Friends Are está a altura de sua genialidade. Al Kooper rules!

 

Faixas: 01. Magic in My Socks / 02. Lucille / 03. Too Busy Thinking About My Baby / 04. First Time Around / 05. Loretta / 06. Blues, Pt. 4 / 07. You Never Know Who Your Friends Are / 08. Great American Marriage / 09. Don’t Know Why I Love You / 10. Mourning Glory Story / 11. Anna Lee / 12. I’m Never Gonna Let You Down

.
AL KOOPER – BLUES, PT. 4
.
AL KOOPER – YOU NEVER KNOW WHO YOUR FRIENDS ARE
 .
AL KOOPER – ANNA LEE

4 respostas a AL KOOPER – YOU NEVER KNOW WHO YOUR FRIENDS ARE (1969)

  1. Marcos Cardoso diz:

    Belíssima indicação.
    Nunca tinha ouvido falar de Al Kooper.
    Baixei o disco e não paro de escutar.
    Parabéns pelo bom gosto!!

  2. sinistersaladmusikal diz:

    Obrigado pelos comentários, Marcos. Al Kooper tem outros belos trabalhos. Qualquer hora eu posto outros discos dele aqui no blog. Abraço.

  3. Ricardo Venâncio diz:

    Eu Já tinha ouvido falar do Al Kooper, mas deste album ainda não. Infelizmente não consigo baixa-lo.
    Se fosse possível noutro link ficava agradecidíssimo.
    parabéns pelo blog

  4. sinistersaladmusikal diz:

    Fala Ricardo. Estava agora mesmo fazendo uma “faxina” no blog e recuperando alguns links e videos. Andei a caça de outro link de “You Never Know Who Your Friends Are” de Al Kooper e não achei. Eu não me dou muito bem com esses links, eles ficam inativos muito rápido e é um puta trampo editar esta bagaça (risos). De qualquer forma, estou esperto e assim que descobrir outro link, te aviso. E obrigado pela visita e pelo comentário. Abração.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: