SINISTER VINYL COLLECTION: SÉRGIO SAMPAIO – TEM QUE ACONTECER (1976)

Artista: Sérgio Sampaio

País: Brazil

Álbum: Tem que Acontecer

Ano de lançamento: 1976

Integrantes: Sérgio Sampaio (vocal e violão), Renato Piau (violão e guitarra), João de Aquino (violão), Luiz Alves (baixo), Luizão Maia (baixo), Laércio de Freitas (piano elétrico), Altamiro Carrilho (flauta), Maurício Einhorn (gaita), Abel Ferreira (sax soprano e clarineta), Joel do Nascimento (bandolim), Pascoal Meirelles (bateria), Ray Armando (tumbadoras e percussão), Pedro Sorongo (percussão), Gordinho (surdo), Geraldo Bongô (atabaque), Luna (tamborim, pandeiro, ganzá e apito), Marçal (tamborim, cuíca e caxeta), Eliseu (tamborim, pandeiro, reco-reco e ganzá), Doutor (repique), Waldir (violão), Jonas (cavaquinho), Nelsinho (ganzá), Carlinhos (cavaquinho), Flinkas (viola), Stephany (viola), Márcio (violoncelo), Kubala (violoncelo), Parpinelli (violino), Daltro (violino), Faíni (violino), Pesach Nissenbaum (violino), Eduardo Hack (violino), Paschoal Perrotta (violino), Francisco Perrotta (violino), Pascoli (violino), Gentil Dias (violino), Golden Boys (coral) e As Gatas (coral).

Produção: Roberto M. Moura

Capa: Noguchi

Gênero musical: MPB  (Maldição Pura Brasileira)

Selo: Continental / 1-01-404-133

Prensagem: Brazil

Lado A: 01. Até Outro Dia / 02. Que Loucura / 03. Cada Lugar na Sua Coisa / 04. Cabras Pastando / 05. Velho Bode / 06. O que Pintar, Pintou

Lado B: 01. A Luz e a Semente / 02. Quanto Mais / 03. Tem que Acontecer / 04. Quatro Paredes / 05. O Filho do Ovo / 06. Velho Bandido

SÉRGIO SAMPAIO – TEM QUE ACONTECER (1976) [álbum completo]

SÉRGIO SAMPAIO – ATÉ OUTRO DIA

SÉRGIO SAMPAIO – QUE LOUCURA

SÉRGIO SAMPAIO – CADA LUGAR NA SUA COISA

SÉRGIO SAMPAIO – CABRAS PASTANDO

SÉRGIO SAMPAIO – VELHO BODE

SÉRGIO SAMPAIO – O QUE PINTAR, PINTOU

SÉRGIO SAMPAIO – A LUZ E A SEMENTE

SÉRGIO SAMPAIO – QUANTO MAIS

SÉRGIO SAMPAIO – TEM QUE ACONTECER

SÉRGIO SAMPAIO – TEM QUE ACONTECER

SÉRGIO SAMPAIO – QUATRO PAREDES

SÉRGIO SAMPAIO – O FILHO DO OVO

SÉRGIO SAMPAIO – VELHO BANDIDO

SÉRGIO SAMPAIO – VELHO BANDIDO

SÉRGIO SAMPAIO – O MALDITO

8 respostas a SINISTER VINYL COLLECTION: SÉRGIO SAMPAIO – TEM QUE ACONTECER (1976)

  1. Sinnara diz:

    Como faço para adquirir um vinil de Sérgio Sampaio?

  2. sinistersaladmusikal diz:

    Oi Sinnara!
    Se você for de Sampa, o melhor lugar para garimpar discos do Sérgio Sampaio in loco são as lojas das Galerias do centro da cidade, principalmente na Galeria Nova Barão. Lá, procure o Carlinhos da Disco 7, que sempre tem “novidades” na seara da MPB. A rua dos discos na Praça Benedito Calixto, aos sábados, também é uma boa pedida. Na internet existem sites de vendas de discos, ou até mesmo leilões no Ebay ou no Mercado Livre… quem sabe você não encontra alguma edição à venda por lá?
    Boa sorte!

  3. Pedro Henrique diz:

    Outra obra de arte.
    Também garanti o meu em glorioso LP.

  4. sinistersaladmusikal diz:

    Sérgio Sampaio talvez seja o artista mais “maldito” que já surgiu nas trincheiras da MPB. Na minha opinião, mais maldito que Macalé, Walter Franco, Jorge Mautner ou Itamar Assumpção. Os vídeos dele (já em final de carreira e de vida) postados no YouTube são pra lá de nostálgicos e comoventes, e mostram que a maldição o perseguia, sem dó, nem piedade. Tô na caça do “Sinceramente” de 1983, mas não encontro o danado em bom estado de conservação. O último que vi, estava com a capa detonada e o vinil bastante arranhado. Acho que vou ter que camelar muito pra achar o LP do jeito que eu quero e com um preço que não custe os olhos da cara… maldição!

  5. nilton de souza moraes diz:

    sergio sampaio meu primo.

    maestro raul gonçalves sampaio, pai de sergio sampaio, meu tio casado com minha tia maria de lurdes moraes.

  6. sinistersaladmusikal diz:

    Valeu, Nilton!
    Seu primo Sérgio Sampaio manjava do riscado. Santa maldição!
    Abraços

  7. essas tiragens originais não são fácil achar não, e os sebos tá cobrando bem caro agora, as vezes roubando mesmo. A Nova Barão é o lugar melhor do Sampa sem dúvida. Peço desculpas mas não vou ao Barato Afins mais, depois ví eles vendendo retiragens dos anos 80 como se fosse os originais de 60 ou 70. Sei que o lugar tem um papel histórico, como o selo próprio deles, mas não gosto essa falta de sinceridade atual..

    obrigado pelas fotos boas desse disco

  8. sinistersaladmusikal diz:

    Pois é, amigo! O Luiz Calanca é muito gente boa, sou cliente da Baratos Afins há um tempão, sempre fui muito bem atendido por todos na loja, mas confesso que quando vou lá, por incrível que pareça, é pra comprar CDs, principalmente de bandas e artistas nacionais que eu gosto; vinil, sempre achei caro e percebo que a maioria dos colecionadores com quem converso, pensa o mesmo. Bem que Mr. Calanca poderia ter um “surto-bolha” [sic] e realizar uma promoção vinílica na loja… quem sabe uma verdadeira queima de discos [ops!], onde o slogan seria “discos raros a preços humanitários”, hehe. Pô, não custa nada sonhar, não é não?
    E estava dando uma zapeada no seu blog. Gostei pacas! Valeu!
    Abraços

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: