SINISTER VINYL COLLECTION: FRANK ZAPPA & THE MOTHERS OF INVENTION – ONE SIZE FITS ALL (1975)

Artista: Frank Zappa & The Mothers of Invention

País: United States 

Álbum: One Size Fits All

Ano de gravação / lançamento: 1974 e 1975 / 1975

Músicos: Frank Zappa (guitarras e vocal), Bloodshot Rollin’ Red [aka Captain Beefheart] (harmônica), Napoleon Murphy Brock (sax tenor, flauta e vocal), George Duke (teclados e vocal), Johnny “Guitar” Watson (vocal), Tom Fowler (baixo), James “Bird Legs” Youman (baixo), Ruth Underwood (vibrafone e percussão) e Chester Thompson (bateria, efeitos e vozes).

Produção, composições e arranjos: Frank Zappa

Capa: Cal Schenkel

Gênero: Rock / Jazz-Rock / Jazz Fusion / Rock Experimental / Psicodelia / Doo-Wop / Música Erudita / Música Concreta / Rock Progressivo / Hard Rock / Big Band

Selo: DiscReet / DS 2216

Prensagem: United States 

Lado A: 01. Inca Roads / 02. Can’t Afford No Shoes / 03. Sofa No. 1 / 04. Po-Jama People

Lado B: 01. Florentine Pogen / 02. Evelyn, a Modified Dog / 03. San Ber’dino / 04. Andy / 05. Sofa No. 2

ZAPPA & THE MOTHERS OF INVENTION – ONE SIZE FITS ALL (1975) [álbum completo]

ZAPPA & THE MOTHERS OF INVENTION – INCA ROADS

ZAPPA & THE MOTHERS OF INVENTION – INCA ROADS (1974)

ZAPPA & THE MOTHERS OF INVENTION – CAN’T AFFORD NO SHOES

ZAPPA & THE MOTHERS OF INVENTION – SOFA N° 1

ZAPPA & THE MOTHERS OF INVENTION – PO-JAMA PEOPLE

ZAPPA & THE MOTHERS OF INVENTION – FLORENTINE POGEN

ZAPPA & THE MOTHERS OF INVENTION – FLORENTINE POGEN (1974)

ZAPPA & THE MOTHERS OF INVENTION – SAN BER’DINO

ZAPPA & THE MOTHERS OF INVENTION – ANDY (1987)

ZAPPA & THE MOTHERS OF INVENTION – SOFA N° 2 (1978)

7 respostas a SINISTER VINYL COLLECTION: FRANK ZAPPA & THE MOTHERS OF INVENTION – ONE SIZE FITS ALL (1975)

  1. Good post there. Keep up the good work.

  2. sinistersaladmusikal diz:

    Thanks!

  3. Olá Marco, tudo certo brother?
    Ontem mesmo estava ouvindo essa maravilha…Top 10(como isso é possível?) da discoteca zappiana. A épica “Inca Roads”, a lindíssima “Sofa”, o solo fenomenal de “Pojama people”…discaço!
    E aproveitando a deixa, quais os discos “sinistros” dese ano que você recomenda? Confesso que ouvi pouca coisa, como o do Charles Bradley, o último do John Zorn e o novo do Wilco,que estou escutando agora e que está ótimo- não chega a ser um Sky Blue Sky mas é muito bom.
    Abração!

  4. sinistersaladmusikal diz:

    Fala Mr. Lucas!

    One Size Fits All também é um dos meus discos prediletos do Zappa. Num Top 10 colocaria além desta maravilha, outros quitutes como Freak Out, Hot Rats, Waka Jawaka, The Grand Wazoo, Overnite Sensation, Bongo Fury, Zoot Allures, Joe’s Garage… puts, já foram nove! Não dá, com Zappa só encarando um Top 30. hehe

    Quanto aos lançamentos de 2011, também não escutei tanta coisa assim. Os álbuns de Charles Bradley e Wilco são bem legais. O último do John Zorn eu ainda não escutei, tô ainda me deliciando com os dois últimos CDs que eu comprei dele: o Alhambra Love Songs e O’o, ambos de 2009. Pô, tem uns plays de 2010 que baixei e ainda tô escutando bastante como o Wolf People (Steeple), Clayton Doley’s (Tension) e Gil Scott-Heron (I’m New Here)… preciso adquirir estas belezinhas. Já o Estática do Marcos Valle (tb de 2010) descolei o LP quando saiu e só ontem que o danado foi pra estante. O mesmo vale para o LP duplo do Anjo Gabriel… uma pérola!

    Buenas, de 2011, do que eu escutei, destaco os álbuns Hot Sauce Committee Pt. 2 (Beastie Boys), The Road From Memphis (Booker T Jones), Wasting Light (Foo Fighters), High Flying Birds (Noel Gallagher), The Fall (Gorillaz), Man in Motion (Warren Haynes), Revelator (Tedeschi Trucks Band), Hisingen Blues (Graveyard), Kiss Each Other Clean (Iron & Wine), Done So Wrong (The Flying Eyes), o último e auto intitulado disco de Dennis Coffey (esse eu já consegui o vinil)… Ah, tem o EP do Michael Kiwanuka (o cara promete), indicação do Bentão da pZ, que descreveu bem: é algo como uma fusão de Bill Withers com Traffic. Sonzeira! Pô, lembrei do Steady As She Goes do Hot Tuna que tá bem legal. Tá ficando grande essa lista hehe.

    Dos artistas nacionais, também tem bons sons na parada: Nó na Orelha (Criolo), Memórias Luso/Africanas (Gui Amabis), Sou Suspeita, Estou Sujeita, Não Sou Santa (Anelis Assumpção), O Destino Vestido de Noiva (Fabio Góes), O Inevitável (Tomada), todos já adquiridos em CD. Outros muito bons que baixei e estão na minha lista de novas aquisições são Metá Metá (Kiko Dinucci, Juçara Marçal e Thiago França), Sonantes (com Céu, Rica e Gui Amabis, Pupillo e Dengue), Um Futuro Inteiro (Bonifrate), Baptista Virou Máquina (Burro Morto), Sonhando Devagar (Kassin) e o Dalva Suada que soltou um EP bem bacana.

    Enfim, tem muitas novidades, mas infelizmente a gente é humano e não sobra tempo pra escutar tudo o que rola no mundo da música, não é mesmo? Castiga!
    Abração

  5. Lucas Jeison diz:

    Grande Marco! Valeu pelas dicas.
    Dos que você citou, só, ouvi o “Nó na orelha” do Criolo, o da Anelis Assumpção, o do Michael Kiwanuka e o do Warren Haynes. Todos excelentes. Como o selo de qualidade “Sinister Salad Musikal” é garantia de música boa, vou conferir todos os outros citados. “Castiga” pra valer, ehehe. E de discos de 2010, destaco o do Robert Plant,o Frogg cafe(dica do Bento), o Adam Lane’s full throtle orchestra(dica do Marcão, do Sinister.), o Budos Band III, o da Sharon Jones o do Neil Young…o Marcelo Jeneci eu também gostei, belos arranjos.
    E realmente, eu acabo não escutando nem metade do que gostaria. Na última pZ por exemplo(que chegou hoje por aqui e já dei uma folhada), tem uma penca de indicações que certamente irei gostar, como o Humble Grumble, o disco solo do líder do Porcupine Tree, o 2° do Rival Sons… isso equilibrado com todos aqueles tesouros perdidos das antigas. É pra perder o sono!
    Abração.

  6. sinistersaladmusikal diz:

    Pode crer, Lucas!
    De bons sons o planeta tá cheio. Dureza mesmo é o pouco tempo que nos sobra pra escutar tantas maravilhas sônicas espalhadas por aí. No meu caso, tem um agravante: depois das últimas falidas, estou agora com mais de 300 LPs que ainda não consegui escutar… só filé, meu camarada, sendo a maioria álbuns de artistas e bandas dos anos 60 e 70. Castiga!
    De 2010, você citou grandes discos. Conheço todos, alguns eu tenho o CD ou o vinil, como o do Marcelo Jeneci e da Sharon Jones. E vamos combinar que a tal da Budos Band é no mínimo sensacional. Tenho todos os LPs desta bandaça.
    Quanto à poeira Zine, não recebi ainda a edição com o Ten Years After. Com o fim da greve dos correios, ela deve estar chegando aqui no pedaço.
    Valeu, cumpadi!
    Abração

  7. […] from Ghana – Calum MacDonald Looks At Love Art LondonHeadphone mix or just an earacheSINISTER VINYL COLLECTION: FRANK ZAPPA & THE MOTHERS OF INVENTION – ONE SIZE FITS ALL (197… div.socialicons{float:left;display:block;margin-right: 10px;}div.socialicons p{margin-bottom: […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: