SINISTER VINYL COLLECTION: CHARLES BRADLEY – NO TIME FOR DREAMING (2011)

Artista: Charles Bradley & Menahan Street Band

País: United States 

Álbum: No Time for Dreaming

Ano de lançamento: 2011

Músicos: Charles Bradley (vocal), Thomas Brenneck (baixo, guitarra, bateria, órgão, piano, vibrafone e tamborim), Bosco Mann (baixo, órgão e congas), Daniel Foder (baixo), Mike Deller (piano e órgão), Dave Guy (trompete), Toby Pazner (vibrafone), Leon Michels (sax tenor, órgão, piano e congas), Nick Movshon (baixo e bateria), Aaron Johnson (trombone), Fernando Velez (congas) e Homer Steinweiss (bateria), entre outros.

Produção: Thomas Brenneck

Design: Catherine Orchard, David Serre e Homer Steinweiss / fotos:  Kisha Bari

Gênero: Soul / R&B / Funk

Selo: Dunham / DUN-1001 (DAP-022)

Prensagem: United States 

Lado A: 01. The World (Is Going Up in Flames) / 02. The Telephone Song / 03. Golden Rule / 04. I Believe in Your Love / 05. Trouble in the Land / 06. Lovin’ You, Baby

Lado B: 01. No Time for Dreaming / 02. How Long / 03. In You (I Found a Love) / 04. Why Is It so Hard / 05. Since Our Last Goodbye / 06. Heartaches and Pain

CHARLES BRADLEY – THE WORLD (IS GOING UP IN FLAMES)

CHARLES BRADLEY – THE WORLD (IS GOING UP IN FLAMES) (2011)

CHARLES BRADLEY – THE TELEPHONE SONG

CHARLES BRADLEY – GOLDEN RULE

CHARLES BRADLEY – GOLDEN RULE (2011)

CHARLES BRADLEY – I BELIEVE IN YOUR LOVE

CHARLES BRADLEY – TROUBLE IN THE LAND

CHARLES BRADLEY – LOVIN’ YOU, BABY (2011)

CHARLES BRADLEY – NO TIME FOR DREAMING

CHARLES BRADLEY – NO TIME FOR DREAMING (2011)

CHARLES BRADLEY – HOW LONG

CHARLES BRADLEY – HOW LONG (2011)

CHARLES BRADLEY – IN YOU ( I FOUND A LOVE)

CHARLES BRADLEY – WHY IS IT SO HARD

CHARLES BRADLEY – WHY IS IT SO HARD (2011)

CHARLES BRADLEY – SINCE OUR LAST GOODBYE

CHARLES BRADLEY – HEARTACHES AND PAIN

CHARLES BRADLEY – HEARTACHES AND PAIN (2011)

4 respostas a SINISTER VINYL COLLECTION: CHARLES BRADLEY – NO TIME FOR DREAMING (2011)

  1. Marcos Rinaldi diz:

    Olá Marcão, hoje tô até conseguindo navegar melhor aqui no blog…Não sei se porque de manhã fica melhor, mas nos outros dias travava muito, que pena…
    Bom vamos lá eu achava que tinha deixado um comentário sobre esse disco, acho que o diazepan está literalmente roendo minha memória HÁHÁHÁ mas sem ele não dá pra ficar então…
    Esse disco ficaria bem na prateleira ao lado de Bob “blue’ Bland – Dreamer, ou Bill Withers – Still Bill dois nessa pegada que gosto.
    Tem um cara Mataya Clifford, que tem um disco no mínimo intrigante o dono do blog(Snap,Crackle & Pop) diz que achou o disco num “mercado de pulgas” e chega a descreve lo como “esquisito” mas acho que você vai gostar caso não conheça ainda né rsrsr.
    Já chequei e o link tá ativo vou deixar aqui.
    Abraço Marcão, sempre recebo as “novidades no e-mail mas não abro muito porque acaba travando a bagaça aqui, hoje está bom espero que o bichinho aqui continue rápido para pode acompanhar seus discos…Mas veja esse Mataya que é curioso…
    http://snapcrackleandpops.blogspot.com.br/2010/05/mataya-clifford-star-fell-from-heaven.html

  2. sinistersaladmusikal diz:

    Fala meu camarada!
    Esse disco do Charles Bradley é um primor. Gosto dos arranjos, da produção, das instrumentações, da voz classuda de Bradley… enfim, é um prato cheio para quem curte R&B e soul music. Na minha coleção, ele fica ali perdido no bairro onde habitam Sharon Jones, Lee Fields, Sugarman 3… só soulzeiras.
    Opa! Conheço o Star Fell From Heaven do Mataya Clifford e vamos combinar que estamos falando de um discaço. Uma pena que eu ainda não tenha o vinil. Buenas, vou baixar o play já que faz um bom tempo que eu não escuto essa belezinha. Valeu!
    Quanto aos e-mails, o próprio WordPress os envia automaticamente aos assinantes do blog, sempre que eu publico algo aqui no Sinister, ok!
    É isso aí, brother! Ah, vê se pega leve no diazepam, hehe. Castiga!

  3. Marcos Rinaldi diz:

    Você é o primeiro cara que eu conheço que conhece o Mataya, Star Fell From Heavem é um discasso, concordo plenamente!!!
    Creio que seja difícil achar o vinil por aqui…
    Me parece que ele não teve uma carreira muito produdiva, sei lá o porquê disso, deveria ter muito mais desses srrsrs.Tem esse aqui também:
    http://music.ovi.com/in/en/nm/Product/Rock-Solid-Hidden-Treasures/Rock-Solid-Hidden-Treasures/5933369
    Mas nunca ouvi e nem vi em loja alguma…
    pelo jeito é difícil indicar algo que você não conheça não é Mr. enciclopédia da música HÁHÁHÁ
    Abraço xará

  4. sinistersaladmusikal diz:

    Olha só! Esse play do Mataya eu não conhecia e parece que foi lançado em 2009. Tô escutando agora… bem bacana! Tá vendo, mermão! É impossível conhecer todos os discos e todas as bandas e artistas do universo musical. Tem sempre alguma boa novidade chegando aos nossos ouvidos, pode ser uma sensacional “descoberta” obscura das antigas, um novo agrupamento musical que vai fazer a sua cabeça… Bom mesmo é que as maravilhas sonoras nunca vão deixar de pintar no pedaço, pode acreditar nisso.
    Abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: