SINISTER VINYL COLLECTION: JOÃO BOSCO – TIRO DE MISERICÓRDIA (1977)

Artista: João Bosco

País: Brazil

Álbum: Tiro de Misericórdia

Ano de gravação / lançamento: 1977

Músicos: João Bosco (violão e voz), Toninho Horta (guitarra), Wagner Dias (baixo), Darcy de Paulo (teclados), Dino 7 Cordas [Horondino José da Silva] (violão de sete cordas), Meira [Jaime Tomás Florence] (violão), Neco [Daudeth Azevedo] (cavaquinho), Canhoto [Waldiro Frederico Tramontano] (cavaquinho), Pascoal Meirelles (bateria), Chacal (percussão), Everaldo Ferreira (percussão), Nenen [Esdra Ferreira] (percussão), Elizeu Félix (percussão), Doutor (percussão), Zeca da Cuíca (percussão), Geraldo Bongô (percussão), Jorginho do Pandeiro [Jorge José da Silva] (percussão), Luna (percussão), Chico Batera (percussão), Gilberto D’Ávila (percussão), Caboclinho (percussão), Bonga (percussão), Rildo Hora (percussão), Pinduca [Luiz Anunciação] (marimba), Cristina Buarque de Hollanda (vocal), Raul de Souza (trombone), Zé Bodega [José de Araújo Oliveira] (sax tenor), Netinho (sax soprano), Bijou [Moacir Marques da Silva] (sax tenor), Jorginho da Flauta [Jorge Ferreira da Silva] (sax alto), Geraldo (sax barítono), Abel Ferreira (clarinete), Altamiro Carrilho (flauta), Celso Woltzenlogel (flauta baixo), Giancarlo Pareschi (violino/spalla), Aizik Meilach Geller (violino), Paschoal Perrota (violino), Alfredo Vidal (violino), Pesach Nissenbaum (violino), Jorge Faini (violino), José Alves da Silva (violino), Adolpho Pissarenko (violino), José Dias de Lana (violino), João Daltro de Almeida (violino), Robert Eduard Jean Arnaud (violino), Walter Hack (violino), Arlindo Figueiredo Penteado (viola de arco), Frederick Stephany (viola de arco), Nathercia Teixeira da Silva (viola de arco), Nelson de Macedo (viola de arco), Giorgio Bariolla (violoncelo), Iberê Gomes Grosso (violoncelo), Márcio Eymard Mallard (violoncelo), Ana Bezerra de Mello Devos (violoncelo) e Pessoal da Mantiqueira (coral).

Composições / letras: João Bosco e Aldir Blanc

Arranjos e regência: Darcy de Paulo / arregimentação: Gilberto D’Ávila

Direção criativa: Durval Ferreira / coordenação artística e direção de estúdio: Rildo Hora

Capa: Mello Menezes / foto do encarte: Ivan Klingen

Gênero: MPB / Samba

Selo: RCA Victor / 103.0228

Prensagem: Brazil

Lado A: 01. Gênesis (Parto) / 02. Jogador / 03. Falso Brilhante / 04. Tempos do Onça e da Fera (Quarador) / 05. Sinal de Caim / 06. Vaso Ruim não Quebra

Lado B: 01. Plataforma / 02. Me dá a Penúltima / 03. Bijuterias / 04. Tabelas / 05. Tiro de Misericórdia

JOÃO BOSCO – GÊNESIS (PARTO)

JOÃO BOSCO – JOGADOR

JOÃO BOSCO – FALSO BRILHANTE

JOÃO BOSCO – FALSO BRILHANTE (1987)

JOÃO BOSCO – TEMPOS DO ONÇA E DA FERA (QUARADOR)

JOÃO BOSCO – VASO RUIM NÃO QUEBRA

JOÃO BOSCO – PLATAFORMA

JOÃO BOSCO – PLATAFORMA (1977)

JOÃO BOSCO – ME DÁ A PENÚLTIMA

JOÃO BOSCO & ALDIR BLANC – ME DÁ A PENÚLTIMA (00’s)

JOÃO BOSCO – BIJUTERIAS

JOÃO BOSCO – BIJUTERIAS (2012)

JOÃO BOSCO – TABELAS

JOÃO BOSCO – TIRO DE MISERICÓRDIA

JOÃO BOSCO – QUILOMBO + TIRO DE MISERICÓRDIA + ESCADAS DA PENHA (2006)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

<span>%d</span> bloggers like this: