DE ROLÊ NO ANTRO-BOLHA #1: BANDA DE PÍFANOS DE CARUARU

É fim de mês! É quando este bolha caquético e rastejante publica aqui no Sinister Salad Musikal alguns discos do acervo sinistro. E como sou um cara legal, socializei os 5 primeiros álbuns da Banda de Pífanos de Caruaru, o célebre conjunto de música regional do Nordeste brasileiro que conduz as suas instrumentações à base de pífanos e percussão, guiadas pelo cancioneiro folclórico local. 🎶

Com raízes no sertão de Alagoas, a banda criada em 1924 por Manuel Clarindo Biano se estabeleceu em Pernambuco, difundindo a cultura nordestina e a tradição da Zabumba Cabaçal, cultivada ao longo de décadas pela família Biano. De fato, nota-se que os integrantes mais jovens que compõe novas formações do grupo, são todos filhos e sobrinhos dos primeiros fundadores. 🎶

Nestes 5 álbuns (lançados entre 1972 e 1980 por 3 selos diferentes) a formação manteve-se a mesma: Sebastião Biano (1º pífano e vocal), Benedito Biano (2º pífano e vocal), Amaro Biano (surdo e vocal), João Biano (zabumba e vocal), Gilberto Biano (tarol e vocal) e José Biano (pratos e vocal). 🎶

Mesmo sendo uma família musical que veio, através de décadas, conquistando o reconhecimento popular no NE, é deveras que a projeção nacional aconteceu nos anos 70 quando Gilberto Gil e Caetano Veloso gravaram “Pipoca Moderna”, música de Sebastião Biano (mestre que hoje está com 103 anos de idade e ainda participa do grupo). Gil a incluiu no álbum “Expresso 2222”, de 1972; e Caetano fez uma letra e a inseriu no disco “Joia”, de 1975. A partir daí as portas das gravadoras e do mercado de shows se abriram consideravelmente para a trupe. Hoje, podemos dizer que é um dos grupos instrumentais mais antigos e tradicionais do Brasil. 🎶

Reza a lenda que tocaram suas composições até mesmo para Lampião e o seu bando. Eu não duvido! Tão corajosos e admirados musicalmente até por cangaceiros, não dá para negar que eles são verdadeiramente os “cabras da peste” da música brasileira, hehe. Vixe! Calma lá… é só brincadeira, hein! Buenas, vou parar com essa fuleragem e, mais uma vez, escutar estas pérolas vinílicas. Castiga! ❤️🎶✌️

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s