SINISTER VINYL COLLECTION: JOÃO BOSCO – LINHA DE PASSE (1979)

Janeiro 31, 2014

Artista: João Bosco

País: Brazil

Álbum: Linha de Passe

Ano de gravação / lançamento: 1979

Músicos: João Bosco (violões e voz), João Donato (piano elétrico), Toninho Horta (guitarra), Luizão Maia (baixo), Wilson das Neves (bateria), Dino 7 Cordas [Horondino José da Silva] (violão de sete cordas), Raphael Rabello (violão de sete cordas), Chiquinho do Acordeon [Romeu Seibel] (acordeon), Elizeu Felix (percussão), Doutor (percussão), Everaldo Ferreira (percussão), Gilberto D’Ávila (percussão), Luna (percussão), Moura (percussão), Chacal (percussão), Zeca da Cuíca (cuíca), Celso Woltzenlogel (flauta), Darcy da Cruz (trompete), Heraldo Reis (trompete), Maurílio da Silva Santos (trompete), Nelsinho [Nelson Martins dos Santos] (trombone), Edmundo Maciel (trombone), João Luiz Maciel (trombone), Macaxeira (trombone baixo), Antônio Cândido Sobrinho (trompa), Zdenek Svab (trompa), Victor Assis Brasil (sax alto), Aizik Meilach Geller (cordas), Giancarlo Pareschi (violino/spalla), Jane Vaquer (vocais) e Edgardo Luiz (vocais).

Composições / letras: João Bosco, Aldir Blanc e Paulo Emílio

Arranjos: Darcy de Paulo, Waltel Blanco, Dory Caymmi e Nelsinho [Nelson Martins dos Santos]

Produção executiva: Rildo Hora

Capa: Mello Menezes

Gênero: MPB / Samba

Selo: RCA Victor / 103.0294

Prensagem: Brazil

Lado A: 01. Linha de Passe / 02. Conto de Fada / 03. Sudoeste / 04. Parati / 05. Patrulhando (Mara)

Lado B: 01. O Bêbado e a Equilibrista / 02. Boca de Sapo / 03. Cobra Criada / 04. Ai, Aydée / 05. Natureza Viva / 06. Patrulhando (Masmorra)

JOÃO BOSCO – LINHA DE PASSE

JOÃO BOSCO & YAMANDU COSTA – LINHA DE PASSE (2009)

JOÃO BOSCO – CONTO DE FADA

JOÃO BOSCO – SUDOESTE

JOÃO BOSCO – PARATI

JOÃO BOSCO – PATRULHANDO (MARA)

JOÃO BOSCO – O BÊBADO E A EQUILIBRISTA

JOÃO BOSCO & ZIZI POSSI – O BÊBADO E A EQUILIBRISTA (2009)

JOÃO BOSCO – BOCA DE SAPO

JOÃO BOSCO – COBRA CRIADA

JOÃO BOSCO – NATUREZA VIVA

JOÃO BOSCO – PATRULHANDO (MASMORRA)

Anúncios

SINISTER VINYL COLLECTION: JOÃO BOSCO – TIRO DE MISERICÓRDIA (1977)

Janeiro 31, 2014

Artista: João Bosco

País: Brazil

Álbum: Tiro de Misericórdia

Ano de gravação / lançamento: 1977

Músicos: João Bosco (violão e voz), Toninho Horta (guitarra), Wagner Dias (baixo), Darcy de Paulo (teclados), Dino 7 Cordas [Horondino José da Silva] (violão de sete cordas), Meira [Jaime Tomás Florence] (violão), Neco [Daudeth Azevedo] (cavaquinho), Canhoto [Waldiro Frederico Tramontano] (cavaquinho), Pascoal Meirelles (bateria), Chacal (percussão), Everaldo Ferreira (percussão), Nenen [Esdra Ferreira] (percussão), Elizeu Félix (percussão), Doutor (percussão), Zeca da Cuíca (percussão), Geraldo Bongô (percussão), Jorginho do Pandeiro [Jorge José da Silva] (percussão), Luna (percussão), Chico Batera (percussão), Gilberto D’Ávila (percussão), Caboclinho (percussão), Bonga (percussão), Rildo Hora (percussão), Pinduca [Luiz Anunciação] (marimba), Cristina Buarque de Hollanda (vocal), Raul de Souza (trombone), Zé Bodega [José de Araújo Oliveira] (sax tenor), Netinho (sax soprano), Bijou [Moacir Marques da Silva] (sax tenor), Jorginho da Flauta [Jorge Ferreira da Silva] (sax alto), Geraldo (sax barítono), Abel Ferreira (clarinete), Altamiro Carrilho (flauta), Celso Woltzenlogel (flauta baixo), Giancarlo Pareschi (violino/spalla), Aizik Meilach Geller (violino), Paschoal Perrota (violino), Alfredo Vidal (violino), Pesach Nissenbaum (violino), Jorge Faini (violino), José Alves da Silva (violino), Adolpho Pissarenko (violino), José Dias de Lana (violino), João Daltro de Almeida (violino), Robert Eduard Jean Arnaud (violino), Walter Hack (violino), Arlindo Figueiredo Penteado (viola de arco), Frederick Stephany (viola de arco), Nathercia Teixeira da Silva (viola de arco), Nelson de Macedo (viola de arco), Giorgio Bariolla (violoncelo), Iberê Gomes Grosso (violoncelo), Márcio Eymard Mallard (violoncelo), Ana Bezerra de Mello Devos (violoncelo) e Pessoal da Mantiqueira (coral).

Composições / letras: João Bosco e Aldir Blanc

Arranjos e regência: Darcy de Paulo / arregimentação: Gilberto D’Ávila

Direção criativa: Durval Ferreira / coordenação artística e direção de estúdio: Rildo Hora

Capa: Mello Menezes / foto do encarte: Ivan Klingen

Gênero: MPB / Samba

Selo: RCA Victor / 103.0228

Prensagem: Brazil

Lado A: 01. Gênesis (Parto) / 02. Jogador / 03. Falso Brilhante / 04. Tempos do Onça e da Fera (Quarador) / 05. Sinal de Caim / 06. Vaso Ruim não Quebra

Lado B: 01. Plataforma / 02. Me dá a Penúltima / 03. Bijuterias / 04. Tabelas / 05. Tiro de Misericórdia

JOÃO BOSCO – GÊNESIS (PARTO)

JOÃO BOSCO – JOGADOR

JOÃO BOSCO – FALSO BRILHANTE

JOÃO BOSCO – FALSO BRILHANTE (1987)

JOÃO BOSCO – TEMPOS DO ONÇA E DA FERA (QUARADOR)

JOÃO BOSCO – VASO RUIM NÃO QUEBRA

JOÃO BOSCO – PLATAFORMA

JOÃO BOSCO – PLATAFORMA (1977)

JOÃO BOSCO – ME DÁ A PENÚLTIMA

JOÃO BOSCO & ALDIR BLANC – ME DÁ A PENÚLTIMA (00’s)

JOÃO BOSCO – BIJUTERIAS

JOÃO BOSCO – BIJUTERIAS (2012)

JOÃO BOSCO – TABELAS

JOÃO BOSCO – TIRO DE MISERICÓRDIA

JOÃO BOSCO – QUILOMBO + TIRO DE MISERICÓRDIA + ESCADAS DA PENHA (2006)


SINISTER VINYL COLLECTION: JOÃO BOSCO – GALOS DE BRIGA (1976)

Janeiro 31, 2014

Artista: João Bosco

País: Brazil

Álbum: Galos de Briga

Ano de gravação / lançamento: 1976

Músicos: João Bosco (violão e voz), Toninho Horta (guitarra), Luizão Maia (baixo), Pascoal Meirelles (bateria), Dino 7 Cordas [Horondino José da Silva] (violão de sete cordas), Neco [Daudeth Azevedo] (cavaquinho), Everaldo Ferreira (percussão), Moura (percussão), Chacal (percussão), Marçal [Nilton Delfino Marçal] (percussão), Elizeu Félix (percussão), Doutor (percussão), Zeca da Cuíca (percussão), Angela Maria (vocal), Toots Thielemans (harmônica), Manoel Ferreira (guitarra portuguesa), Leonel Villar (violão), Carlos Silva e Souza (violão e baixo), Wagner Dias (baixo), Chico Batera (percussão), Barão (pratos e castanholas), Luciano Perrone (caixa e castanholas), Gilberto D’Ávila (bombo e percussão), Formiga [José Pinto] (trompete), Heraldo Reis (trompete), Hamilton Pereira Cruz (trompete), Maestro Nelsinho [Nelson Martins dos Santos] (trombone de gafieira), Manoel Araújo (trombone), João Luiz Maciel (trombone), Walter Batista Azevedo (trombone), Netinho (clarinete), Bijou [Moacir Marques da Silva] (sax tenor), Luiz Antonio Ferreira (bombardino), Zenio de Alencar (tuba), Aizik Meilach Geller (cordas), Giancarlo Pareschi (violino/spalla) e Coral de Joab (vocais), entre outros.

Composições / letras: João Bosco e Aldir Blanc

Arranjos: Luiz Eça e Radamés Gnattali ((B6) / regência: Luiz Eça e Alceu Bocchino (B6)

Direção artística: Carlos Guarany / coordenação artística e direção de estúdio: Rildo Hora

Capa: Glauco Rodrigues / direção de arte: Ney Tavora / fotografia: Ivan Klingen e Paulo Azevedo

Gênero: MPB / Samba

Selo: RCA Victor / 103.0171

Prensagem: Brazil

Lado A: 01. Incompatibilidade de Gênios / 02. Gol Anulado / 03. O Cavaleiro e os Moinhos / 04. Rumbando / 05. Vida Noturna / 06. O Ronco da Cuíca

Lado B: 01. Miss Sueter / 02. Latin Lover / 03. Galos de Briga / 04. Feminismo no Estácio / 05. Transversal do Tempo / 06. Rancho da Goiabada

JOÃO BOSCO – INCOMPATIBILIDADE DE GÊNIOS

JOÃO BOSCO – INCOMPATIBILIDADE DE GÊNIOS (1995)

JOÃO BOSCO – GOL ANULADO

JOÃO BOSCO – GOL ANULADO (2012)

JOÃO BOSCO – O CAVALEIRO E OS MOINHOS

JOÃO BOSCO – O CAVALEIRO E OS MOINHOS (2012)

JOÃO BOSCO – RUMBANDO

JOÃO BOSCO – VIDA NOTURNA

JOÃO BOSCO – O RONCO DA CUÍCA

JOÃO BOSCO – O RONCO DA CUÍCA (2006)

JOÃO BOSCO – MISS SUETER

JOÃO BOSCO & ANGELA MARIA – MISS SUETER (80’s)

JOÃO BOSCO – LATIN LOVER

JOÃO BOSCO – GALOS DE BRIGA

JOÃO BOSCO – FEMINISMO NO ESTÁCIO

JOÃO BOSCO – TRANSVERSAL DO TEMPO

JOÃO BOSCO – RANCHO DA GOIABADA