SINISTER VINYL COLLECTION: OLIVIA BYINGTON – CORRA O RISCO (1978)

Artista: Olivia Byington

País: Brazil

Álbum: Corra o Risco

Ano de lançamento: 1978

Formação: Olivia Byington (vocal), acompanhada do grupo A Barca do Sol – Nando Carneiro (violão e vocal), Muri Costa (violão, viola e vocal), Jacques Morelembaum (violoncelo, violino, piano e vocal), Marcelo Costa (bateria e percussão), Beto Rezende (guitarra, viola, violão e percussão), Alain Pierre (baixo) e David Ganc (flauta). Participação especial do maestro John Neschling.

Produção: Geraldo Carneiro

Arranjos: A Barca do Sol

Gênero musical: Rock / Rock Progressivo / MPB

Selo: Continental / 1-01-404-180

Prensagem: Brazil

Lado A: 01. Fantasma da Opera / 02. Lady Jane / 03. Corra o Risco / 04. Jardim de Infância / 05. Banda dos Corações Solitários / 06. Cavalo Marinho

Lado B: 01. Lobo do Mar / 02. Água e Vinho / 03. Brilho da Noite / 04. Minha Pena, Minha Dor / 05. Luz do Tango

OLIVIA BYINGTON – CORRA O RISCO (1978) [álbum completo]

OLIVIA BYINGTON – FANTASMA DA ÓPERA

OLIVIA BYINGTON – LADY JANE

OLIVIA BYINGTON – CORRA O RISCO

OLIVIA BYINGTON – JARDIM DE INFÂNCIA

OLIVIA BYINGTON – BANDA DOS CORAÇÕES SOLITÁRIOS

OLIVIA BYINGTON – CAVALO MARINHO

OLIVIA BYINGTON – LOBO DO MAR

OLIVIA BYINGTON – ÁGUA E VINHO

OLIVIA BYINGTON – BRILHO DA NOITE

OLIVIA BYINGTON – MINHA PENA, MINHA DOR

OLIVIA BYINGTON – LUZ DO TANGO

2 thoughts on “SINISTER VINYL COLLECTION: OLIVIA BYINGTON – CORRA O RISCO (1978)

  1. É verdade, Rafael! A Barca do Sol sempre mandou muito bem nas instrumentações e neste disco com a Olivia Byington não é diferente: muitas violas, violoncelos, violões, percussão, baixo, batera e teclados que, aliados à bela voz de Olivia, criam uma pérola sonora estranhamente poética e bela. Destaque para a sofisticação sonora de “Água e Vinho” de Egberto Gismonti; “Jardim de Infância” e seu climão meio Gentle Giant; “Cavalo Marinho” e sua beleza melódica; “Lobo do Mar” com um instrumental divino (tem Paco de Lucía, Jethro Tull e um monte de referências nesse tempero); e “Luz do Tango” de Astor Piazzolla, num trabalho fantástico com instrumentos de cordas. Já vi lojistas e anunciantes pedindo uma nota neste LP. Como há tempos paguei por ele uma merreca, taí um risco que eu não corro mais hehe. Valeu!
    Abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s